O grunge que vem da Serra gaúcha

Slow Bricker é um power trio criado em Caxias do Sul (Foto: Divulgação)

Slow Bricker é um power trio criado em Caxias do Sul (Foto: Divulgação)

A banda Slow Bricker deu o start em sua carreira no ano de 2009, quando Lucas Lizot (vocalista e guitarrista) e Rafael Ritter (baixista) encontraram Jonas Bustince para assumir a bateria. Após essa formação, o grupo criado na cidade de Caxias do Sul, na Serra gaícha, tentou algumas vezes a inserção de mais um guitarrista, porém acabou se afirmando ainda mais como power trio.

O som da Slow Bricker remete ao rock dos anos 1990, mas sem deixar de soar contemporâneo. Fugindo do grunge tradicional, a base se mistura com a cultura pop daquela década, como o desenho Beavis and Butthead. O gosto por bandas como Hüsker Dü, Fugazi, Alice in Chains, Queens of the Stone Age, Tool e Pixies ficam evidentes na sua sonoridade.

Rafael Ritter, Lucas Lizot e Jonas Bustince (Foto: Divulgação)

Rafael Ritter (baixo), Lucas Lizot (vocal) e Jonas Bustince (guitarra)

Em 2012 a Slow Bricker lançava seu primeiro álbum, My Answer to Everything. O disco, com 12 faixas autorais, foi produzido pelo experiente produtor Roger Fingle (Seduced by Suicide). As letras das composições tratam de críticas subjetivas a características culturais humanas com pitadas de sarcasmo. O trabalho está disponível para download gratuito na página do grupo no Bandcamp.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s